http://www.fides.org

News

2014-03-06

EUROPA/ESPANHA – Sete de cada dez pobres no mundo são mulheres, sem direitos e instrução

Madri (Agência Fides) - De 1 bilhão e 300 milhões de pessoas que vivem em condições de pobreza extrema em todo o mundo, 910 milhões são mulheres, sete de cada dez. Além disso, em nenhum país da Terra usufruem dos mesmos direitos e oportunidades dos homens. É o que declara um comunicado da ong espanhola Ayuda en Acción que, desde 1981, se dedica à cooperação internacional para a erradicação da pobreza mediante programas de desenvolvimento autossustentável e campanhas de sensibilização entre as faixas mais vulneráveis. As mulheres que vivem nos países mais pobres do mundo, não obstante produzam 70% dos gêneros alimentícios, não possuem nem mesmo 2% dos terrenos cultiváveis e o fato de serem pobres, crianças ou de viver numa região de conflito, aumenta a probabilidade de não ter acesso à instrução. A esses fenômenos, se acrescentam também os matrimônios e as gestações precoces que impedem a muitas mulheres de estudar ou encontrar um trabalho. Segundo a ong, mais de 60 milhões de meninas são obrigadas a se casar ou conviver antes dos 18 anos de idade, a cada minuto morre uma mulher no mundo por complicações evitáveis durante a gravidez ou o parto e 350 milhões não têm qualquer acesso aos programas de planejamento familiar. (AP) (6/3/2014 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network