ÁSIA - Jovens cristãos embaixadores da paz na Ásia

Terça, 30 Maio 2017 paz   justiça   guerras   ecumenismo   direitos humanos   diálogo   comunidades religiosas   liberdade religiosa  

Chiang Mai (Agência Fides) - Os jovens são embaixadores de paz na Ásia: este é o tema do seminário aberto, em 29 de maio, promovido em Chiang Mai (na Tailândia) pela Conferência Cristã da Ásia (CCA). O seminário reúne cerca de 30 jovens líderes cristãos provenientes de vários países asiáticos. Segundo Fides, trata-se de uma sessão de formação dedicada a líderes juvenis para explorar o tema da educação à paz segundo perspectivas inter-religiosas, através de várias metodologias de aprendizagem e graças à presença de líderes e especialistas de várias religiões. Nos dias desta experiência de formação, os jovens visitarão vários santuários e mosteiros religiosos budistas, hinduístas, muçulmanos e sikhs, em Chiang Mai e arredores.
O seminário pretende conduzir os jovens à consciência de “ser agentes na construção da paz e na transformação dos conflitos nas comunidades locais através de abordagens interculturais e inter-religiosas”.
O Secretário-Geral da CCA, Mathews George Chunakara, descreveu a interconexão dos conceitos de “paz e justiça” nas religiões e na espiritualidade asiática:
“Todas as tradições religiosas concordam com a ideia central de paz sobre a terra e sobre a mensagem de quebrar os muros da hostilidade. Os vários religiosos afirmam que os seres humanos são criados à imagem de Deus e reconhecem os direitos e a dignidade fundamental de cada indivíduo, conjugando o princípio de paz com a justiça. Esta conferência pretende motivar os jovens da Ásia a serem promotores de paz nos contextos locais”, declarou.
Joseph Manickam, diretor do Institute of Religion Culture and Peace (IRCP)), falou sobre o compromisso inter-religioso pela paz e justiça: “A paz é um caminho que começa passando da intolerância à tolerância em prol da construção da paz. Por ser capaz de transformar os conflitos, devemos construir relações fraternas e falar todos uma linguagem comum”, disse Manickam.
A CCA é um órgão e um fórum de cooperação contínua entre igrejas e associações cristãs de várias confissões, existentes em diversas nações da Ásia. Trabalha em prol da unidade das comunidades cristãs na Ásia e constitui uma resposta cristã aos desafios das sociedades asiáticas, em rápida transformação. (PA-SD) (Agência Fides 30/5/2017)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network
paz


justiça


guerras


ecumenismo


direitos humanos


diálogo


comunidades religiosas


liberdade religiosa