ÁFRICA/QUÊNIA - “Não à propaganda política em púlpitos e ao comércio de votos” diz o Bispo de Embu

Quarta, 9 Novembro 2016 política   bispos  

Nairóbi (Agência Fides) – ‘Não’ à propaganda política em púlpitos de igrejas. Foi o que reafirmou Dom Paul Njiru Kariuki, Bispo de Embu, no Quênia, em uma exortação pastoral enviada aos sacerdotes e fiéis da diocese, em vista das eleições gerais de 8 de agosto de 2017.
“No caso que políticos tentem contribuir em coleta de verbas, deve ser-lhes permitido apenas como membros da Igreja, sem expectativas de que sua campanha eleitoral seja favorecida”, afirma a exortação. É proibido aos políticos utilizar estruturas paroquiais para a campanha eleitoral e é igualmente proibido fazer discursos políticos durante funerais.
“Nenhum padre pode ser publicamente afiliado a um partido político ou participar de campanhas eleitorais para qualquer candidato”, adverte a exortação.
Dom Kariuki lança ainda um apelo aos fiéis para que deixem de trocar seus votos com os favores de políticos e estudem programas eleitorais para tomar decisões ponderadas.
Mesmo se ainda faltam diversos meses para as eleições, a campanha já começou. Os líderes religiosos intervieram em várias ocasiões para denunciar a propaganda política que fomenta ódio e altera os ânimos. (veja Fides 15/6/2016). (L.M.) (Agência Fides 9/11/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network