AMÉRICA/BRASIL - Mais 10 civis assassinados num confronto com a polícia pela disputa da terra

Sexta, 26 Maio 2017 indígenas   política   igrejas locais   violência  

Mais 10 civis assassinados num confronto com a polícia pela disputa da terra

Belém (Agência Fides) – Pelo menos 10 posseiros foram assassinados durante um confronto com a polícia no Estado do Pará, no norte do Brasil, em 24 de maio, como informaram as autoridades. O Departamento de Segurança pública comunicou que nove homens e uma mulher foram mortos durante um tiroteio que teve início quando os posseiros que manifestavam pela propriedade de um terreno começaram a disparar contra a polícia, que chegou para prender os suspeitos de um homicídio.
O caso aconteceu na fazenda Santa Lícia, a cerca de 900 Km ao norte de Belém, capital do Estado.
Segundo a nota da Comissão Pastoral da Terra (CPT), enviada a Fides pelas POM do Brasil, o tiroteio começou quando a polícia entrou para tirar os posseiros. As disputas pela terra no Brasil são com frequência violentas.
Cerca de um mês atrás, a CPT (veja Fides 19/04/2017) publicou o seu relatório anual “Conflitos no campo no Brasil em 2016", em que denuncia a morte 61 pessoas no ano passado, o número mais alto registrado desde 2003. A violência não dá sinais de diminuir também em 2017. Até agora, pelo menos 26 pessoas morreram em conflitos no campo brasileiro, sem contar os dez posseiros assassinados neste último caso.
Em 19 de maio, foi recordado numa celebração a Chacina de Colniza (Mato Grosso), o grave episódio ocorrido um mês atrás: nove trabalhadores rurais foram brutalmente assassinados por um grupo de homens encapuzados.
(CE) (Agência Fides, 26/05/2017)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network