AMÉRICA/REPUBLICA DOMINICANA - Dom Espinal: “A corrupção faz aumentar a desigualdade social e pode levar à instabilidade do Governo”

Quinta, 27 Abril 2017 política   corrupção  
Dom Diómedes Espinal

Dom Diómedes Espinal

San Fernando de Montecristoi (Agência Fides) - “As manifestações de um movimento que protesta contra a incompetência das autoridades não desestabilizam o Governo. A única coisa que pode colocar em risco a estabilidade do Governo na República Dominicana é a corrupção”, afirmou o Bispo da Diocese de Mao-Monte Cristi, Dom Diómedes Espinal de León. “Penso que o povo tem o direito de manifestar. Não acredito que isso possa desestabilizar o Governo, pois se o Governo está parado e acha que pode fazer o que quiser, então as manifestações populares não conseguiram desestabilizá-lo”, disse ontem o Bispo num encontro com a imprensa para comentar a situação do país.
Segundo a nota enviada a Fides, assim Dom Espinal respondeu aos jornalistas em relação às declarações do Ministro do Interior, Carlos Amarante Baret, que afirmou que os movimentos de protesto querem desestabilizar o Governo do Presidente Danilo Medina. “Uma coisa não tem nada a ver com a outra”, reiterou o bispo, acrescentando que a desigualdade social é o que pode levar à instabilidade.
Na República Dominicana, o Movimento Verde promoveu várias manifestações, desde a marcha de 22 de janeiro, considerada a maior manifestação na história da nação. O objetivo geral do Movimento é acabar com a corrupção e a impunidade, despertando a consciência social e o sentimento patriótico. No domingo passado, 23 de abril, houve outra grande manifestação de apoio ao pedido do Movimento Verde de esclarecer várias operações econômicas do Governo. (CE) (Agência Fides, 27/04/2017)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network