AMÉRICA/VENEZUELA - “A paz pode chegar, mas com o apoio de todos”: mensagem do Arcebispo de Caracas

Sexta, 30 Dezembro 2016 direitos humanos   política   pobreza   violência  

Card. Jorge Urosa Savino

Caracas (Agência Fides) – Em uma mensagem que será lida nas missas de domingo, 1o de janeiro de 2017, 50o Dia Mundial da Paz, o Arcebispo de Caracas, Card. Jorge Urosa Savino, com seus Auxiliares, expressa o sentimento da Igreja católica ante a situação atual na Venezuela. “Não reconhecer as faculdades da Assembleia Nacional gerou uma situação de verdadeira ditadura, ignorando a vontade popular expressa em dezembro de 2015”, consta na mensagem enviada à Fides.
“O sofrimento de milhões de venezuelanos requer que o governo resolva a gravíssima crise alimentar e de medicamentos, causada pela aplicação de um sistema econômico errado, o totalitarismo socialista que concede ao Estado o controle total da economia. Jamais como hoje tantos venezuelanos tiveram que procurar comida no lixo!”.
Apesar das fortes palavras da mensagem dirigida pelo Arcebispo à Arquidiocese de Caracas, o texto reflete a situação de todo o país. No final, ao lado do pedido para que se evite a violência social, que pesa sobretudo sobre os mais pobres, consta um apelo a construir juntos a paz com o diálogo: “Este 2016 foi um ano difícil, cheio de angústias e dificuldades para todos. O diálogo entre governo e oposição, que foi uma fonte de esperança para amplos setores do país, está seriamente em discussão. Independentemente do futuro deste diálogo, que deveria fornecer soluções para a grave crise atual, devemos recordar que o povo pede paz, segurança pessoal e social, e condições para que possam trabalhar e viver em paz. Isto pode acontecer apenas com o apoio de todos”.
(CE) (Agência Fides, 30/12/2016)





Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network