OCEANIA/PAPUA NOVA GUINÉ - Os jovens concluem o Jubileu: dizer sim a Cristo

Quarta, 9 Novembro 2016

B.N.

Os jovens reunidos em Port Moresby

Port Moresby (Agência Fides) – Os jovens de Papua Nova Guiné e das Ilhas Salomão concluem o Ano Santo com um encontro em que renovam seu empenho em seguir e escolher Cristo em suas vidas, no contexto social em que vivem em Papua e nas ilhas do Pacífico.
Segundo Fides, o encontro, organizado pela Conferência Episcopal de Papua Nova Guiné e Ilhas Salomão ao Dom Bosco Technological Institute de Port Moresby, iniciou em 6 de novembro, e se concluirá em 13 de novembro. Participam 330 jovens provenientes de 22 diocese, representando o mundo juvenil do país. Além de reunir os vários representantes dos jovens, o encontro servirá também para marcar oficialmente o encerramento do Jubileu da Misericórdia no país.
O Arcebispo de Rabaul, Dom Francesco Panfilo, disse aos jovens presentes: "A Igreja Católica está plenamente consciente de seus desafios cotidianos, na prática de sua própria fé. A sociedade parece valorizar somente aquilo que dá prazer, sexo, álcool, drogas e materialismo. Se vocês escolhem Cristo, escolhem a verdade, o que é honesto e justo, escolhem o bem para vocês e para a nação, aprendendo a viver os verdadeiros valores do Evangelho”.
O Papa Francisco enviou sua bênção paterna aos jovens reunidos no encontro, através de uma carta do Cardeal Pietro Parolin, Secretário de Estado Vaticano, levada e lida aos jovens pelo Núncio Apostólico na Papua Nova Guiné, Dom Kurian Matthew Vayalumkai.
Segundo Pe. Shanthi Chacko Puthussery, Secretário da Comissão para a Juventude da Conferência Episcopal, o objetivo do encontro é “reforçar e responsabilizar os jovens a permanecerem firmes nos valores cristãos”. “A pedagogia que estamos usando neste encontro”, ressalta a Fides, “é muito simples: se aprende fazendo”, disse. De fato, além das catequeses, os jovens têm a possibilidade de aprender uns com os outros e viverem um período de intensa experiência espiritual, intelectual e sócio-pastoral. Dentre as várias atividades propostas, a visita ao cárcere de Bomana e ao Hospital Geral de Port Moresby, um teste bíblico, o compromisso e o envolvimento direto em algumas paróquias. (PA-BN) (Agência Fides 9/11/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network