AMÉRICA/MÉXICO - Dois sacerdotes sequestrados e assassinados no Estado de Veracruz

Terça, 20 Setembro 2016 missionários assassinados   violência   áreas de crise  

Dois sacerdotes sequestrados e assassinados

Poza Rica (Agência Fides) – A diocese mexicana de Papantla confirmou através de um comunicado a morte violenta de dois sacerdotes: os presbíteros Alejo Nabor Jiménez Juárez e José Alfredo Suárez de la Cruz. Segundo as informações apuradas pela Agência Fides, o relatório do escritório do procurador-geral do Estado de Veracruz indica que os dois sacerdotes foram sequestrados na noite de domingo passado, 18 de setembro, na paróquia de Nossa Senhora de Fátima, na extrema periferia da cidade de Poza Rica, na parte setentrional do Estado de Veracruz. Os corpos sem vida dos dois presbíteros foram encontrados na segunda de manhã, 19 de setembro, ao lado da estrada que liga Papantla a Poza Rica. Um colaborador dos sacerdotes, que trabalhava como sacristão e motorista, sequestrado com eles, foi encontrado com vida. A região foi placo de violentos confrontos entre os cartéis da droga durante anos, mas ainda não está claro o motivo do assassinato dos dois sacerdotes. “Estamos consternados com esta notícia e rezamos pelo eterno repouso dos presbíteros – escreve Dom José Trinidad Zapata Ortiz, Bispo de Papantla, no comunicado pela trágica morte dos dois sacerdotes -. Mais uma vez constatamos que a violência e a insegurança se radicaram na nossa sociedade”.
Na espera de que as autoridades esclareçam o crime, o Bispo espera que a perda dos dois sacerdotes ajude a trazer a paz tão esperada e vocações sacerdotais a fim de continuar a missão evangelizadora da Igreja. "Condenamos toda forma de violência e rezamos pela conversão dos que esquecem que somos irmãos e causam sofrimento e morte" - escreve ainda Dom Zapata Ortiz. O caminho da violência e da criminalidade gera ainda mais violência. Deus não quer a morte, nem a violência, nem a injustiça. Deus quer a vida, Deus quer que todos vivamos na justiça, dignidade e paz". (CE) (Agência Fides, 20/09/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network