AMÉRICA/MÉXICO - Primeiro dia de escola no Chiapas, após 3 meses de greve dos professores

Segunda, 19 Setembro 2016 violência   instrução   bispos   igrejas locais  
Primeiro dia de escola no Chiapas

Primeiro dia de escola no Chiapas

San Cristóbal (Agência Fides) - O Bispo da Diocese de San Cristóbal de Las Casas, Chiapas, Dom Felipe Arizmendi Esquivel, apoiou os esforços dos líderes do Centro Nacional dos Trabalhadores da Educação (CNTE) e das autoridades governamentais para pôr fim à longa greve nacional dos professores e, assim, "prevenir o despejo violento das escolas que teriam resultado em ações sangrentas". O fim do conflito, que durou desde 15 de maio, foi confirmado em 16 de setembro (veja Fides 24/06/2016, 28/06/2016, 12/07/2016, 21/07/2016).
No domingo, 18 de setembro, depois da missa dominical o Bispo numa coletiva de imprensa improvisada, sublinhou que "os extremismos não ajudam, mas causam males", e que "foram concedidos muitos benefícios aos professores, fruto de sua luta e seu compromisso. Estes resultados não podem ser subestimados".
A nota enviada a Fides informa que Dom Felipe Arizmendi Esquivel sublinhou o ponto central, o acordo político entre as autoridades e o CNTE que prevê a suspensão da reforma educacional até 2018. A este respeito, disse: "Embora as soluções políticas sejam temporárias, muitas vezes são a única maneira de encontrar a paz social. Devemos ser compreensíveis, assim todos juntos, professores, pais e comunidades conseguirão superar o atraso educacional no Chiapas". (CE) (Agência Fides, 19/09/2016)



Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network