ÁSIA/ÍNDIA - Pedras contra os cristãos pentecostais

Terça, 13 Setembro 2016 minorias religiosas   liberdade religiosa   hinduísmo   violência  

Lucknow (Agência Fides) – Por mais de meia hora, uma pequena igreja cristã pentecostal, repleta de fiéis, foi atacada a pedradas por militantes extremistas hindus que acusavam os cristãos de proselitismo: como revela à Fides Sajan K. George, presidente do Conselho global dos cristãos indianos (Gcic), o episódio ocorreu domingo, 11 de setembro, no distrito de Siddharth Nagar, em Uttar Pradesh, estado da Índia setentrional.
A igreja na aldeia de Shyampur foi atacada por causa dos boatos que a acusavam da “conversão” de uma família hindu ao cristianismo, presumivelmente enganada por promessas. Uma circunstância que completamente negada pelos fiéis pentecostais. “Ninguém ficou ferido, mas o episódio gerou um clima de suspeita e desconfiança no distrito” informa George.
À Polícia, que interveio, os Pastores pentecostais confirmaram que as acusações eram falsas e tendenciosas. A violência ocorreu enquanto os fiéis estavam reunidos e rezando na celebração dominical: “O culto cristão na Índia é perfeitamente legal: os radicais jogavam pedras e arruinaram a paz e a harmonia nesta aldeia. A liberdade de culto é uma nossa garantia constitucional”, concluiu o Presidente do Gcic. (PA- NC) (Agência Fides 13/9/2016)



Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network