ÁSIA/ÍNDIA - Pastor protestante e fiéis agredidos

Sexta, 10 Junho 2016 minorias religiosas   liberdade religiosa   hinduísmo   violência  

Facebook

Nova Délhi (Agência Fides) – O Pastor cristão protestante Alvish Bara foi agredido com outros fiéis por um grupo de 20 membros de grupos extremistas hinduístas e em seguida, preso pela polícia do estado de Chhattisgarh. Como informado à Fides pelo “Global Council of Indian Christians” (Gcic), os militantes invadiram, sem motivo, a celebração dominical da comunidade, no dia 5 de junho, no distrito de Balrampur. Os homens acusaram o Pastor de fazer “conversões forçadas”, usando violência física contra ele e alguns fiéis. Os extremistas registraram a ocorrência. A policia o prendeu e sucessivamente o soltou, sob caução. “A Índia é um país leigo e o Pastor Alvish Bara não estava praticando nenhuma atividade criminosa”, afirma o Gcic em nota enviada à Fides.
Outro episódio preocupa os cristãos indianos: recentemente, extremistas hinduístas agrediram 29 cristãos que se recusaram em renegar sua fé em Cristo e converter-se ao hinduísmo, destruindo diversas casas de fiéis na aldeia de Katholi, sempre no estado de Chhattisgarh.
Nos últimos dias, no estado de Karnataka, vândalos destruíram a estátua de Santo Antônio, na Capela de Kandlur, diocese de Udupi. (PA) (Agência Fides 10/6/2016)



Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network