AMÉRICA/MÉXICO - “A misericórdia não é fraqueza”: Dom Aguilar Martínez depois da violência recente

Sexta, 4 Março 2016 violência   bispos   igrejas locais  
Violência em Tehuacan

Violência em Tehuacan

Tehuacan (Agência Fides) - “O mundo não nos leva hoje a cultivar a misericórdia, pelo contrário, nos leva a ser juízes e executores enérgicos, de modo que a violência é resolvida com uma ação mais violenta, e isso é arrogância, prepotência. Assim, com estes critérios, o mundo de ser humano está se tornando selvagem.” São as palavras do Bispo de Tehuacan (Puebla, México), Dom Rodrigo Aguilar Martínez, expressas numa breve entrevista com a imprensa local após o linchamento de uma pessoa na colônia Aquiles Serdan, em Chapulco, e o assassinato de outra pessoa em Palmar de Bravo, lugares que estão dentro dos limites da diocese, informa a nota enviada a Fides.
Comentando estes tristes acontecimentos, o Bispo destacou que quando somos agressores, e o agressor sempre acredita agir de forma justa e da melhor maneira para resolver o problema, precisamente, nessas circunstâncias, não pensamos de forma alguma na misericórdia, que é concebida como fraqueza. Dom Aguilar Martínez concluiu dizendo que, infelizmente, aos casos mencionados se devem adicionar outros que a imprensa não informa, mas que em seu ministério pastoral ele viu de perto, como o caso que aconteceu há poucos dias em Tehuacan, onde um grupo de pessoas espancou um jovem por razões fúteis. (CE) (Agência Fides, 04/03/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network