ÁSIA/MIANMAR - Igreja: “Depois das eleições esperança por um futuro de unidade na nação”

Terça, 10 Novembro 2015 eleições  

Yangun (Agência Fides) - “Temos grandes esperanças. Abre-se uma nova era para o nosso país, que desejamos seja marcada pela unidade. A população está feliz e não parece que haja riscos de um golpe militar.” Foi o que disse à Agência Fides Dom John Hsane Hgyi, Bispo de Pathein, uma das dioceses de Mianmar, depois das eleições democráticas. Na eleição de 8 de novembro, triunfou o partido da Prêmio Nobel da Paz, Aung San Suu Kyi. A vitória da Liga Nacional pela Democracia (Lnd) é confirmada pelos primeiros dados oficiais que falam de uma vitória entre 60 e 70% dos consensos, não obstante os dados definitivos estarão disponíveis daqui a alguns dias.
Por outro lado, o “Partido união, solidariedade e desenvolvimento”, guiado pelo ex-presidente e ex-general Thein Sein, admitiu a derrota, afirmando que pretende cooperar pelo futuro bem da nação. O Bispo de Pathein afirma à Fides que “as eleições foram fundamentalmente pacíficas e o povo fez as suas preferências. A nova era democrática causa mudança e leva à liberdade, da qual a Igreja católica e sua missão de anúncio do Evangelho poderão se beneficiar. Os fieis católicos estão felizes como todos os outros cidadãos. Estamos confiantes num futuro formado de unidade, reconciliação e harmonia: são estes os desafios para o futuro do país que poderemos enfrentar com coragem renovada e fidúcia revigorada, com a contribuição de todas as componentes da sociedade”. (PA) (Agência Fides 10/11/2015)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network