ÁFRICA/LÍBIA – Três cristãos africanos sequestrados pelos jihadistas no sul de Sirte; quatro italianos sequestrados em Mellitah

Segunda, 20 Julho 2015

Sirte (Agência Fides) – Três cristãos, um ganense, um nigeriano e um egípcio copta foram sequestrados na Libia por um grupo jihadista ligado ao Estado Islâmico (Daesh). O sequestro foi perpetrado em 11 de julho, mas a confirmação do sequestro foi feita somente no domingo, 19 de julho, por Mohammed Hijazi, porta-voz militar do governo líbio atualmente sediado em Tobruk e reconhecido pela comunidade internacional.
O sequestro ocorreu na área de Nufliyah, no sul de Sirte, uma área considerada uma das fortalezas dos grupos jihadistas ligadas ao Estado Islâmico (Daesh), e que ampliam sua ação no caos líbio seguida pela intervenção ocidental e a queda do regime de Muammar Kadafi. O grupo jihadista reivindicou o sequestro nas redes sociais publicando as fotos dos documentos de identidade de três reféns, sem fornecer detalhes particulares.
Segundo fontes egípcias consultadas pela Agência Fides, estaria em andamento algumas tentativas para verificar a possibilidade de obter a libertação dos reféns através do pagamento de um resgate.
No entando, na noite de 19 de julho, quatro italianos foram sequestrados em Mellitah. Trata-se de quatro técnicos, funcionários de uma companhia italiana que trabalha nas plataformas petrolíferas no norte da África. No momento, não se têm notícias sobre a natureza do sequestro nem de seus autores. (GV) (Agência Fides 20/7/2015).


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network