http://www.fides.org

News

2014-06-25

AMÉRICA/VENEZUELA - Uma festa nacional com o povo dividido...

Caracas (Agência Fides) – Ontem, 24 de junho, a Venezuela celebrou o 193o aniversário da batalha de Carabobo, que marcou a independência do país da Espanha. Além das cerimonias oficiais, em Caracas e em outras cidades do país, houve manifestações contra o Presidente Nicolas Maduro e para pedir a libertação dos detentos encarcerados por participar de protestos antigovernamentais.
Desde fevereiro (veja Fides 15/03/2014), os protestos – que em alguns casos foram marcados por episódios de grave violência – deixaram 43 mortos, 873 feridos e mais de 2.500 presos. A Igreja católica reiterou a sua oferta de mediação no diálogo com as partes envolvidas, mas a situação permanece ainda não solucionada.
Ontem, em Caracas, algumas centenas de manifestantes percorreram as principais ruas do elegante bairro de Chacao, onde Maria Corina Machado (ex-deputada), que pede a renúncia de Maduro, disse à multidão que “o objetivo das manifestações é a independência, e a força para obtê-la é a unidade da oposição”. Machado e o líder do partido Voluntad Popular, Leopoldo Lopez (preso) são identificados pelo governo de Maduro como os principais instigadores dos episódios de violência registrados em alguns protestos antigovernamentais. (CE) (Agência Fides, 25/06/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network