http://www.fides.org

News

2014-06-25

AMÉRICA/ARGENTINA - Bispos preocupados pela situação econômica nacional

Buenos Aires (Agência Fides) – “Acompanhamos com atenção e preocupação pastoral a situação criada pela dívida externa e suas possíveis consequências em nosso país, e a vida do nosso povo, especialmente dos nossos irmãos mais vulneráveis, depois do recente veredicto da Corte Suprema de Justiça dos Estados Unidos. Este fato requer de toda a liderança com urgência uma atitude madura de unidade e de responsabilidade para responder, em uma justa negociação, à situação que foi criada”. Assim se expressa o Comitê executivo da Conferência Episcopal Argentina, presidido por Dom Jorge Eduardo Lozano, Bispo de Gualeguaychú, em comunicado recém-publicado e enviado à Agência Fides.
Segundo dados da Agência Fides, após o crack de 2001-2002, a dívida externa do país sul-americano acabou em mãos dos chamados “fundos-urubu” e desde então, a Argentina está engajada em uma batalha legal com os credores, que se recusaram a participar da renegociação da dívida. Em 16 de junho passado, a Corte Suprema estadunidense rejeitou o apelo da Argentina e permaneceu válida a decisão do juiz estadunidense Thomas Griesa de Nova York, que ordenou ao país que pagasse a dívida aos “urubus” até 30 de junho. O ministério das finanças argentino advertiu que não poderá fazê-lo, pois isto implicaria numa nova falência.
Em seu comunicado, os Bispos citam o Papa Francisco: “A economia centrada apenas na especulação financeira debilita as relações, atrasa o desenvolvimento dos povos e compromete a equidade da ordem internacional”. Recordam também que “a questão econômica é um tema central na vida dos povos, mas que deve estar sempre a serviço do bem comum, do crescimento integral da pessoa e em sintonia com a justiça”. Enfim, confiam na disponibilidade e na competência profissional daqueles que dirigem a nação, das forças políticas, dos economistas e dos empresários, a fim de trabalhar juntos por uma solução do problema.
(CE) (Agência Fides, 25/06/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network