http://www.fides.org

News

2014-06-11

ÁFRICA - Economia e finanças: a África é o continente do futuro?

Roma (Agência Fides) – A Nigéria é o principal mercado promissor para os investimentos das multinacionais européias e estadunidenses. É o que afirma um estudo realizado pelo Wall Street Journal sobre mercados de investimento de fronteira (Frontier Markets Sentiment Index). De 20 países classificados, 11 são africanos.
A Nigéria, com um índice de 29,57%, ficou em primeiro lugar, seguida pelo Quênia (quinto, com 23,17%), Angola (sexto com 21,9%), Gana (nono com 18,73%), Etiópia (décimo-primeiro, 17,27%), Marrocos (décimo-segundo, com 16,79%), Tanzânia (décimo-terceiro, com 16,79%), Argélia (décimo-quarto, com 16,06%), Costa do Marfim (décimo-sexto, com 14,58%), Zâmbia (décimo-sétimo, com 13,63%) e Uganda (décimo-nono, com 13,14%).
O relatório é elaborado com base nas previsões dos investimentos futuros dos responsáveis de 200 multinacionais. O índice de cada país corresponde às porcentagens de empresas que o escolhem como destino de seus investimentos. Por exemplo, se 50 das 200 multinacionais sondadas prevêem investir em um determinado país, seu índice é de 25%.
O dinamismo econômico do continente é demonstrado pelas iniciativas lançadas pelos países em investir na África e participar de seu desenvolvimento. Os Estados Unidos lançaram a iniciativa “Power Africa Iniziative” para fornecer eletricidade a mais de 240 milhões de africanos que vivem entre Etiópia, Gana, Quênia, Nigéria, Libéria e Tanzânia. Cingapura anunciou que em agosto será realizado o terceiro Fórum África-Cingapura, para incrementar o intercâmbio comercial e a colaboração entre empresas africanas e a do país asiático. (L.M.) (Agência Fides 11/6/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network