EUROPA/PORTUGAL - Depois de 500 anos, a diocese de Funchal relança o compromisso de ser “Igreja em Missão”

Quarta, 11 Junho 2014

Funchal (Agência Fides) – “Esperamos que as comemorações dos 500 anos da Diocese possam ajudar a re-emergir os nossos valores, a dar vida a novos projetos e a novas formas de empenho da Igreja pelas pessoas e a sociedade de nosso tempo. Confiamos à Santíssima Trindade – Pai, Filho e Espírito Santo – o nosso desejo e o nosso compromisso em construir comunidades cristãs vivas e apostólicas, a renovar as nossas festividades e tradições, a renovar e intensificar o espírito missionário das instituições da Igreja, para que se apresente sempre mais como ‘Igreja em missão!’”. É o que escreve Dom Antonio Carrilho, Bispo de Funchal, diocese sufragânea do Patriarcado de Lisboa que compreende as ilhas do arquipélago de Madeira, apresentando o programa das celebrações do quinto centenário de sua criação.
Criada em 12 de junho de 1514 com a bula Pro Excelenti praeminentia de Papa Leone X, Funchal foi a primeira e maior diocese desde o início da expansão da península ibérica além das fronteiras européias e as terras descobertas pelos portugueses lhe foram atribuídas como parte de seu território. “Nestes 500 anos, quantas histórias maravilhosas de santidade nos iluminaram, quantas obras repletas de misericórdia e de gênio da caridade”, recorda o Bispo, sublinhando que “o Cristianismo foi entre nós uma semeadura constante de cultura, cidadania e solidariedade”.
A “Semana jubilar” foi aberta domingo, 8 de junho, solenidade de Pentecostes, com a administração do sacramento do Crisma, a apresentação de um livro sobre a diocese e um concerto. Dentre os diversos eventos programados, no dia 11 será lembrada a primeira Missa celebrada em Madeira, enquanto dia 12, a solene Concelebração eucarística no dia do quinto centenário da diocese será presidida pelo Patriarca de Lisboa e Presidente da Conferência Episcopal portuguesa, Dom Manuel Clemente. Domingo, 15 de junho, com a Assembleia Diocesana Jubilar no estádio “dos Barreiros”, se concluirão as festividades. Haverá uma coreografia comemorativa dos 500 anos da diocese, e a solene Concelebração eucarística jubilar, presidida pelo Enviado Especial do Santo Padre, Card. Fernando Filoni, Prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos. “A sua presença seja prova de reconhecimento do dinamismo missionária que marca o passado desta Diocese e que desejamos reviver no compromisso para a nova evangelização”, escreveu Dom Carrilho. (SL) (Agência Fides 11/06/2014)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network