http://www.fides.org

News

2014-06-10

AMÉRICA/REPÚBLICA DOMINICANA - Uma rodovia para unir o país... a Igreja também adere

San Juan (Agência Fides) – Segundo o Bispo de San Juan de la Maguana, na República Dominicana, Dom José Dolores Grullón Estrella, a população da capital teria desencorajado o Presidente da República, Danilo Medina, a empreender a construção da rodovia San Juan-Santiago. Por este motivo, o Prelado convidou a população do sul a manifestar para pedir o início das obras desta importante estrada que interessa a todo o país.
A nota enviada à Agência Fides informa que Dom Grullón Estrella convidou todos a manifestar quinta-feira, 12 de junho, no Parque da Independência da capital, dirigindo-se também às paróquias, a fim de organizar a movimentação, “porque se não nos unirmos, não obteremos nunca que o Presidente Medina construa a rodovia San Juan-Santiago" disse. O Bispo falou no contexto da Missa celebrada na paróquia do Espírito Santo domingo passado, 8 de junho, por ocasião da festa desta comunidade.
O projeto de construção da rodovia San Juan-Santiago (cerca de 215 km) provocou polêmicas entre os defensores do projeto e os contrários por causa do eventual prejuízo ecológico e o elevado investimento econômico que esta requer. Segundo dados recolhidos pela Fides, as comunidades do sul, como por exemplo, a província de San Juan, com seus 250 mil habitantes, finalmente estariam unidas ao resto da ilha de modo veloz. Por outro lado, a Academia de Ciências da República Dominicana (ACRD) considera que a construção da rodovia (segundo o percurso previsto atualmente) provocaria danos no ecossistema natural da área e eliminaria dezenas de afluentes das bacias subterrâneas, além de provocar danos ambientais irreversíveis. (CE) (Agência Fides, 10/06/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network