http://www.fides.org

News

2014-06-03

AMÉRICA/MÉXICO - Nenhuma notícia ainda do sacerdote comboniano desaparecido há um mês

Chilapa (Agência Fides) – Um mês depois do desaparecimento do sacerdote ugandense padre John Ssenyondo, ninguém sabe nada sobre ele. Segundo uma nota enviada a Fides por uma fonte local, o Bispo da diocese de Chilpancingo-Chilapa, no Estado de Guerrero (México), Dom Alejo Zavala Castro, referiu que, não obstante os contatos com as autoridades através da Secretaria para os Assuntos religiosos, até agora não há notícias sobre o caso, e isso "é muito grave, porque já se passou mais de um mês. Estamos em contato com as autoridades, mas não há nenhuma novidade".
Parece que o religioso foi sequestrado em Chilapa, onde desempenhava o ministério pastoral. Dom Zavala Castro afirmou que o padre Ssenyondo, pároco de quase 60 anos, chegou há seis anos em Guerrero. Primeiramente desempenhou o ministério pastoral em Tlacotepec (zona Heliodoro Castillo), e depois foi enviado à igreja de Nejapa, no município de Chilapa, onde segundo as primeiras versões de algumas pessoas da comunidade, teria sido sequestrado por um grupo de homens armados.
Padre John Ssenyondo é originário de Masaka, em Uganda, e pertence à Congregação dos Missionários Combonianos do Coração de Jesus (MCCJ). Desde o dia 30 de abril, depois que o sacerdote celebrou um matrimônio na comunidade de Santa Cruz, em Chilapa, não se soube mais nada sobre ele. A diocese organizou uma cadeia de oração para a sua libertação e a volta do religioso para a sua comunidade. (CE) (Agência Fides, 03/06/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network