http://www.fides.org

News

2014-05-05

ÁSIA/BANGLADESH – Primeira central nuclear no país? O debate aumenta

Daca (Agência Fides) – O plano de construção da primeira central nuclear em Bangladesh – que até agora passou despercebido – está gerando um debate nacional que envolve grupos da sociedade civil, ambientalistas e agricultores contrários à virada nuclear para a nação.
Depois de um acordo assinado com a Rússia em 2013, Bangladesh está prosseguindo com o plano para construir dois reatores nucleares de 1.000 MWe em Rooppur, “mas não foi perguntado à população que ela quer o nuclear ou não”, afirma uma nota enviada a Fides por uma plataforma de organizações locais engajadas no direito civil. “Foi dito às pessoas que a central nuclear criará oportunidades de trabalho e que a economia da área terá muitos benefícios, mas o que dizer das problemáticas ambientais que criará?” afirmam os ativistas. Os ambientalistas, de fato, insistem que os reatores nucleares fornecidos pela Rússia resfria as barras de combustível nuclear através da água que depois, radioativa, deve ser descartada, com evidentes efeitos negativos sobre o ambiente.
O governo abril centros de informação sobre nuclear na capital Daca com o objetivo de tranquilizar as pessoas sobre o uso da energia nuclear, segurança e ambiente. “Mas as perguntas da opinião pública permanecem sem resposta, sobretudo sobre a falta de mão de obra qualificada, sobre a segurança, sobre o impacto ambiental da central, sobre a administração do projeto e sobre o custo total. Essas questões devem ser debatidas seriamente e abertamente ante de proceder com a construção da primeira central nuclear de Bangladesh”, afirma o fórum de associações pedindo mais sensibilização da população, com seminários e debates públicos, não somente em Daca. (PA) (Agência Fides 5/5/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network