http://www.fides.org

News

2013-06-10

AMÉRICA/MÉXICO - “Uma vergonha fichar os migrantes”, denuncia pe. Solalinde

Cidade do México (Agência Fides) – "É um ato degradante e constrangedor para os nossos irmãos centro-americanos fichá-los assim que atravessam a fronteira meridional do México", denunciou Pe. Alejandro Solalinde, responsável pela “Casa do Migrante” em Ciudad Ixtepec e muito conhecido por suas ações a favor dos migrantes.
Segundo Pe. Solalinde, esta decisão demonstra que o México se tornou um membro a mais do sistema de segurança dos Estados Unidos através do Instituto Nacional de Migração, instrumento essencial usado pelos EUA para obter informações sobre os migrantes.
De acordo com uma nota enviada a Fides, o jornal Millennium anunciou que será instalado um sistema que registra a íris, as digitais e o rosto de todos aqueles que atravessam a fronteira meridional do México. Estima-se que a cada ano cerca de 300 mil centro-americanos “irregulares” passam por aquela região.
Pe. Solalinde explicou à imprensa que este projeto responde às necessidades dos Estados Unidos, não do México, porque "nós não temos o terrorismo, e o que eles querem é impedir os ingressos a partir da nossa fronteira”. O sacerdote acrescentou ainda que “por enquanto se trata somente de identificar os migrantes, mas depois será pedido que sejam detidos e isso se tornará um grande problema, porque as prisões estão superlotadas e sem infraestruturas adequadas". Pe. Solalinde concluiu afirmando que “é uma verdadeira vergonha” aplicar uma medida dos Estados Unidos, enquanto os mexicanos não conseguem elaborar uma política de migração até porque o problema não é uma prioridade na agenda nacional.
(CE) (Agência Fides, 10/06/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network