http://www.fides.org

News

2013-06-07

ÁSIA/BANGLADESH – Um seminário atacado “sem razões conhecidas”

Dinajpur (Agência Fides) - O seminário interdiocesano “Jisu Dhyana Niloy”, na diocese de Dinajpur, no norte de Bangladesh, foi atacado ontem à tarde por um grupo de muçulmanos locais. É o que confirma à Fides o Bispo de Dinajpur, Dom Sebastian Tudu, que se diz “desconcertado” porque “não há alguma razão para este gesto”. Os militantes, pertencentes a um grupo islâmico local, forçaram a porta, destruíram os móveis e agrediram alguns dos 25 seminaristas que estavam no instituto e ficaram levemente feridos. A polícia foi avisada e o Bispo vai apresentar denúncia. Hoje, depois do susto, o Reitor, pe. George Gomes, conduziu temporariamente os alunos para outro lugar.
O Bispo explica que poucas horas antes do ataque, houve um conflito entre famílias muçulmanas e tribais em uma aldeia próxima. Depois da briga, os muçulmanos, sem algum motivo, dirigiram-se ao Seminário e o atacaram. A Igreja na diocese, frisa Dom Tudu, “é muito engajada na pastoral da promoção humana, instrução e desenvolvimento das comunidades tribais”. No Ano da Fé, a diocese de Dianjpur ganhou duas novas paróquias e dois centros pastorais. Por meio da Fides, o Bispo faz um apelo “para que toda a controvérsia seja resolvida com o diálogo e seja mantida a paz em nosso território”.
O Seminário “Jisu Dhyana Niloy” é um “instituto propedêutico” que propõe um tempo de formação e aprofundamento vocacional para os estudantes que saem do Seminário menor, antes de continuar seus estudos no Seminário maior. Acolhe em média 20 estudantes por ano, de todas as dioceses do país, que são acompanhados em seu caminho de amadurecimento humano, psicológico e espiritual. Nos anos passados, recebeu subsídios econômicos da Pontifícia Obra de “São Pedro Apóstolo”, que financia a atividade de cerca de 900 seminários em todo o mundo. (PA) (Agência Fides 7/6/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network