http://www.fides.org

Oceania

2013-01-29

OCEANIA/PAPUA NOVA GUINÉ - Consagrados: comunicação e evangelização com o telefone celular

Madang (Agência Fides) - Na Papua Nova Guiné, o telefone celular é hoje um instrumento essencial na vida dos consagrados (sacerdotes e religiosas) para comunicação, evangelização, relações, confronto, e transmissão da fé: é o que emerge da pesquisa de Irmã Rosalia Milur, das Irmãs Missionárias Franciscanas da Imaculada Conceição (MFIC), intitulada “O uso do celular na vida religiosa”. A pesquisa – que foi tema de uma tese em “Estudos sociais e religiosos” na Universidade Verbo Divino em Madang - estima que “os telefones celulares influenciam a vida da comunidade, tornaram-se um instrumento essencial para o pessoal religioso, na realização de sua missão”. Sua utilização – explica à Fides Irmã Rosalia – “permite o acesso às comunidades rurais e remotas”; todavia, dentre seus potenciais perigos, “pode levar a não dispor de tempo para os elementos essenciais da vida consagrada, como a oração pessoal e comunitária”.
A religiosa observou o comportamento de 42 religiosos (29 homens e 13 mulheres), escolhidos entre as Dioceses de Aitape, Wewak, Rabaul, Madang, Mt Hagen e Port Moresby. Alguns usam o celular para enviar SMS de oração aos fiéis ou para rezar com os doentes em locais distantes. “Às vezes, no entanto, um religioso é tão apegado a seu celular que o resto não conta nada” – disse um dos entrevistados, notando a exigência de “não subtrair tempo à vida comunitária”.
Um religioso contou que uma vez o celular lhe permitiu salvar uma vida, pois conseguiu enviar uma ambulância a um doente que estava muito mal, em uma área rural. Especialmente no campo da tecnologia, a pesquisa conclui que tudo dependo do uso: o celular é hoje um instrumento necessário para a pastoral dos religiosos, mas sua utilização não deve ser excessiva. (PA) (Agência Fides 29/1/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network