http://www.fides.org

America

2013-01-29

AMÉRICA/MÉXICO - "Irmão Narco": um vídeo que convida ao perdão para romper a corrente da violência

Cidade do México (Agência Fides) - A história de Miri, menina de 13 anos que junto com o irmão menor viu um esquadrão de narcotraficantes matar seus pais e depois terminou por abraçar o assassino em sinal de perdão, não obstante os parentes a tivessem fomentado ao ódio e à vingança: é o tema do novo curta-metragem apresentado no domingo passado, 27 de janeiro, pelo Cardeal Norberto Rivera, Arcebispo de Cidade do México, na Catedral de Cidade do México.
O vídeo, de 10 minutos de duração, foi produzido pelo sacerdote paulino Omar Sotelo Aguilar, SSP, que explicou à imprensa que o objetivo é reavaliar o sentimento do perdão em meio a tanta violência. Trata-se de um “sentimento tão forte, próprio do ser humano, que pode transformar toda a sociedade”. Para a Igreja, a violência gera apenas violência, e o sacerdote insistiu na busca de outros instrumentos para superar esta situação, “porque em algumas áreas do país já não se pode mais viver”.
A história de Miri é autêntica, semelhante a de milhares de crianças e de famílias atingidas pela guerra contra e entre os carteis da droga, que manche de sangue o país. Como afirma a nota enviada à Agência Fides, no ano passado, o conflito deixou mais de 15 mil vítimas. Este número sobe para 90 mil (segundo dados das ONGs) se olharmos aos últimos seis anos. “Irmão narco” é o primeiro de uma série de 12 curta-metragens que narram histórias baseadas em episódios de pessoas reais que pediram ajuda à Igreja católica. O vídeo pode ser visto no YouTube e no site do Centro Católico Multimídia. (CE) (Agência Fides, 29/01/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network