ÁFRICA/MALI - Ainda confrontos entre exército e rebeldes, enquanto na capital continuam os protestos

Quinta, 10 Janeiro 2013

Bamako (Agência Fides) - "Sabemos que houve confrontos entre a noite de ontem e o início da manhã de hoje, em torno da área de Konna, entre o exército e os rebeldes, mas as autoridades não deram informações precisas sobre o número de mortos e feridos", disse à Agência Fides Pe. Edmond Dembele, Secretário-Geral da Conferência Episcopal do Mali. Os confrontos ocorreram em Konna, 70 km ao norte de Mopti, cidade no centro de Mali que marca o confim entre a área controlada pelo exército e a dos rebeldes, que desde março de 2012 conquistaram o norte do país.
A situação ainda é incerta porque foram adiadas as conversas que deveriam realizar-se em Burkina Fasso entre as autoridades de Bamako e dois grupos rebeldes no Norte (Ansar al Dine e MNLA).
Na capital Bamako permanece alta a tensão política, como relatado por Pe. Dembele. "Neste momento, vários manifestantes estão indo para o centro da cidade para continuar o protesto contra a suspensão das consultas nacionais, não obstante a polícia, a gendarmaria e o Exército tenham sido mobilizados em força para prevenir novas manifestações", disse o sacerdote.
"Durante as manifestações de ontem foram gritados slogans para pedir a renúncia do Chefe de Estado. Além dos protestos, no entanto, houve manifestações de apoio para as forças armadas", continua Pe. Dembele. Após os protestos, que envolvem também os estudantes, o governo decidiu fechar todas as escolas e faculdades da capital. (L.M.) (Agência Fides 10/1/2013)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network