VATICANO - O Cardeal Filoni aos sacerdotes, religiosos e religiosas de Gulu: "Em suas vidas, leio a história da Igreja nesta terra: uma história de grande fé, amor e sacrifício"

Sexta, 14 Dezembro 2012

Arua (Agência Fides) – Dois foram os encontros que nesta manhã, 14 de dezembro, o Cardeal Fernando Filoni reservou aos sacerdotes, religiosos e religiosas da província eclesiástica de Gulu, no âmbito de sua visita pastoral para o centenário de evangelização da região ugandense (veja Fides de 12/12/2012;13/12/2012). Na Basílica Menor de Lodonga o prefeito do dicastério missionário presidiu a missa e depois se encontrou com os sacerdotes, religiosos e religiosas. "Estou muito contente de ter a oportunidade de celebrar a Eucaristia com vocês que dedicaram suas vidas ao Senhor no sacerdócio e na vida religiosa, especialmente uma vez que estamos reunidos para celebrar o centenário de aniversário da fé católica nesta região, e o Ano dedicado à Fé ", disse o cardeal, no início de sua homilia, recordando o ensinamento de São João da Cruz, cuja memória litúrgica foi celebrada nesse dia.
Aos sacerdotes recomendou que eles se lembrem que foram "escolhidos entre os povos, consagrados para agir em relação a Deus, para oferecer dons e sacrifícios pelos pecados", e pediu-lhes: "Acreditem na força de seu sacerdócio"! Dirigindo-se aos membros de comunidades religiosas, o Cardeal Prefeito disse dentre outras coisas: "cada carisma é uma palavra evangélica que o Espírito Santo recorda a memória da Igreja (cf. Jo 14, 26). Não é por acaso que na Igreja existe a vida consagrada ". Enfim, a vida dos consagrados e consagradas "deve testemunhar o encontro pessoal com Cristo que alimentou a sua consagração e a força transformadora desse encontro", disse o cardeal, que concluiu: "A Igreja precisa de sua fidelidade, arraigada e alicerçada em Cristo. Obrigado por seu generoso, total e perpétuo "sim" ao chamado de Cristo".
No encontro depois da missa, o Prefeito do dicastério missionário dirigiu-se aos sacerdotes, religiosos e as religiosas da Prefeitura Apostólica de Gulu com estas palavras: "Vocês estão entre os colaboradores mais estreitos dos bispos em seu ministério pastoral. Vocês estão presentes em todos os setores da vida da Igreja, apressando a vinda do Reino de Deus - o reino de justiça, amor e paz - através de suas orações e seu trabalho. Em sua vida, leio a história da Igreja nesta terra: uma história de grande fé, amor e sacrifício. Reconheço a contribuição de sacerdotes e religiosos missionários que têm ajudado a fortalecer a comunidade católica aqui. Em seu compromisso com a causa do Evangelho muitas vezes passa do extraordinário ao heroico, e a alguns custou-lhe a vida".
O Cardeal Filoni também dirigiu algumas exortações aos presentes. Aos sacerdotes recordou que "o sacerdócio é um dom para nós, mas em nós e através de nós, o sacerdócio é um dom para a Igreja". Os religiosos e religiosas, "através da prática dos conselhos evangélicos tornaram-se um sinal profético do reino eterno do Pai". "Como pessoas consagradas, cuja vocação envolve um trabalho ativo no serviço eclesial, é necessário fazer todos os esforços para combinar contemplação com seu zelo apostólico". "Queridos irmãos e irmãs - o cardeal concluiu – deixo aqui hoje uma palavra de encorajamento e uma mensagem de esperança. Ao longo de seu trabalho e suas batalhas, nas suas alegrias e tristezas, há alguém que caminha seu lado no caminho do discipulado: Maria, a Mãe de Jesus, que meditava todas as coisas em seu coração e sempre fez a vontade do Pai". (SL) (Agência Fides 14/12/2012)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network