http://www.fides.org

America

2012-12-12

AMÉRICA/ARGENTINA - Dificuldades de aprendizado e no crescimento dos adolescentes que trabalham

Buenos Aires (Agência Fides) – O trabalho infantil na Argentina continua sendo um problema muito grave. Um dos inconvenientes causados pelo fenômeno é a exígua margem de tempo disponível que estes jovens têm para estudar ou brincar. Recentemente, a Universidade Católica Argentina (UCA) publicou o relatório “O estado da situação do trabalho juvenil”, no qual emerge que esta tendência negativa se verifica igualmente quando crianças e adolescentes fazem trabalhos domésticos pesados, principalmente em famílias nas quais os adultos são ausentes muitas horas ou quando existem muitos filhos. Alguns resultados desta pesquisa indicam que entre 2010 e 2011 a porcentagem de crianças de 5 a 13 anos, e adolescentes de 14 a 17, empregados em atividades produtivas se reduziu levemente, passando de 12,3% para 11,8%. O estudo aponta que geralmente, o trabalho de crianças e adolescentes influi negativamente sobre sua condição educativa. Com efeito, a carência de tempo para estudar e o estado de fatiga com o qual enfrentam as aulas geram atrasos no ritmo de aprendizado no crescimento. Em 2011, 34,6% dos menores que trabalham apresentam carências no ensino. Além disso, 27,2% dos adolescentes que viviam em famílias sem assistência social trabalhavam, em relação aos 24,3% e 16,5% das pertencentes a grupos familiares com rendas mais elevadas e tutela social. (AP) (12/12/2012 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network