http://www.fides.org

Europa

2012-12-12

EUROPA/PORTUGAL - Reconhecimento do Parlamento à Cáritas, pela defesa dos direitos sociais e pela luta contra a pobreza

Lisboa (Agência Fides) - O Presidente da Cáritas Portugal, Eugenio Fonseca, recebeu do Parlamento o Prêmio Direitos Humanos 2012. "A Cáritas, declarou ele, sente o reconhecimento pelo trabalho de animação de diversos organismos eclesiais presentes na operatividade dos Direitos Humanos, sobretudo na salvaguarda concreta de direitos sociais". Segundo a nota enviada à Agência Fides por Ecclesia, antes da entrega do galardão, ocorrida em 10 de dezembro na sede do Parlamento, o Presidente da Comissão para os Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdade e Garantias, Fernando Negrão, que promoveu a cerimônia, apresentou a organização católica de solidariedade como uma "instituição com uma atividade incessante e reconhecida na defesa da dignidade humana".
Negrão elogiou o papel da Cáritas ao “denunciar abertamente a pobreza e a exclusão social”, além da “luta contra o estigma das pobrezas emergentes, invisíveis a muitos... colocando sempre as pessoas no centro de todas as suas ações e não indo em busca de um fácil reconhecimento imediato ou por parte da mídia ".
No seu pronunciamento, Eugenio Fonseca lançou um apelo a superar a dicotomia entre "caridade e justiça, assistência e direitos, ação pontual e desenvolvimento econômico-social". Segundo o responsável pela Cáritas Portuguesa, essas oposições “muito difundidas” tiveram o efeito de “danificar a ação social integral”. Fonseca concluiu com "um empenho e um chamado”, para que aqueles que estão envolvidos na luta contra a pobreza, "sempre mais grave a cada dia", se unam em seus esforços, e pediu aos membros do Parlamento que criem leis que "para além das escandalosas desigualdades e enfrentem outras injustiças sociais". (CE) (Agência Fides, 12/12/2012)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network