ÁSIA/SÍRIA - Encontrado o corpo do sacerdote ortodoxo sequestrado em Damasco

Quinta, 25 Outubro 2012

Damasco (Agência Fides) – O corpo do sacerdote greco-ortodosso Pe. Fadi Jamil Haddad, pároco da Igreja de Santo Elias, em Qatana, foi encontrado hoje no bairro Jaramana (norte de Damasco) não muito longe de onde tinha sido sequestrado, em 19 de outubro, por um grupo armado não identificado (veja Fides 24/10/2012). A confirmação foi dada à Agência Fides por um confrade greco-ortodosso de Pe. Haddad que pediu o anonimato. "O seu corpo foi terrivelmente torturado: seu couro cabeludo e seus olhos foram arrancados", disse em lágrimas a fonte de Fides. "É um ato puramente terrorista. Pe. Haddad é um mártir de nossa Igreja".
Sobre as responsabilidades do ato terrível está em andamento um jogo de acusações entre as forças da oposição (que acusam as milícias do regime) e autoridades do governo que acusam as gangues armadas na galáxia da rebelião armada. Segundo fontes de Fides, os sequestradores pediram à família do sacerdote e sua igreja um resgate de 50 milhões de libras sírias (mais de 550 mil euros). Foi impossível encontrar esse dinheiro e atender a essa demanda exorbitante. Uma fonte de Fides condena "a terrível prática presente há meses nesta guerra suja de sequestrar e depois matar civis inocentes".
Entre as várias comunidades cristãs presentes na Síria, a greco-ortodoxa é a maior (com cerca de 500 mil fiéis) e está concentrada principalmente na parte ocidental do país e em Damasco. (PA) (Agência Fides 25/10/2012)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network