http://www.fides.org

Africa

2012-07-30

ÁFRICA/SERRA LEOA - Alarme e preocupação com uma epidemia de cólera incontrolável

Freetown (Agência Fides) - Freetown, capital de Serra Leoa, é hoje o centro de uma epidemia de cólera, após o primeiro caso confirmado, encontrado no norte do país em fevereiro. Em 18 de julho, o primeiro caso relatado vinha de Marbella, uma favela perto do centro da cidade, onde um grande número de pessoas se encontram constantemente no mercado que está aberto 24 horas sobre 24. Segundo o Ministério da Saúde local, todos os dias na área se verificam 40 novos casos. Em Freetown e na área ocidental limítrofe, foram notificados 410 casos e 9 mortes. A taxa de mortalidade é de 2% e é bastante preocupante. Trata-se da pior epidemia registrada no país depois de 2007. O objetivo do Ministério agora é conter a doença e limpar o ambiente. Desde janeiro na Serra Leoa foram registrados exatamente 4,249 casos e 76 mortes por causa da cólera. Numa população de 6 milhões de habitantes, 4 mil casos são uma cifra enorme. Os especialistas temem que o pico da pandemia ainda foi alcançado. O governo na capital criou três centros de emergência para gerir os novos casos e todas as clínicas estão oferecendo tratamento gratuito contra a cólera. No entanto, em Marbella, área de alta densidade populacional, devido às estradas intransitáveis e a superlotação do mercado, os habitantes não têm acesso a saneamento e as casas são todas muito perto umas da outras. Esta situação piorou ainda mais por causa da higiene precária, a falta de água potável e a escassa administração dos alimentos na área do mercado, que são todos fatores de risco para a proliferação da epidemia. (AP) (30/7/2012 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network