ÁFRICA/BURUNDI - Duas religiosas gravemente feridas num ataque perpetrados por bandidos foram levadas à Alemanha para tratamento

Terça, 23 Agosto 2011

Bujumbura (Agência Fides) - Em 20 de agosto, a Catholic Relief Services em Bujumbura organizou a evacuação de emergência de duas religiosas pertencentes à Congregação Bene-Umukama. As religiosas, em estado grave, foram transportadas num vôo especial da International SOS a um hospital na Alemanha.
"Na noite de 10 de agosto, um grupo armado atacou três carros que se dirigiam para Bubanza, incluindo um carro com um grupo de religiosas da Congregação Bene-Umukama e dois sacerdotes da Arquidiocese de Gitega" – disseram à Agência Fides fontes da Igreja local. As nossas fontes reconstruíram o ataque: "Na noite de 20 de agosto, cerca de vinte homens armados bloquearam o tráfego na estrada para Bubanza. Os bandidos pararam primeiro um táxi no qual viajava um militar que assassinado, depois bloquearam o carro das religiosas e os dois sacerdotes que foram ameaçados de serem queimados vivos dentro do veículo. Os ocupantes conseguiram sair do carro, mas os bandidos começaram a atirar, atingindo um sacerdote e quatro religiosas. Duas irmãs ficaram gravemente feridas, sobretudo uma que foi atingida no rosto perdendo um olho. Os bandidos fugiram após a queima de veículos".
O sacerdote e as duas religiosas cujas condições são menos graves foram internados em Bubanza. Considerando as lesões graves de duas outras religiosas, elas foram levadas à Alemanha. As suas condições estão em fase de melhoramento. (L.M.) (Agência Fides 23/8/2011)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network