http://www.fides.org

Africa

2010-10-12

ÁFRICA/ZIMBÁBUE - Insegurança alimentar para mais de 1,3 milhões de pessoas

Harare (Agência Fides) - Segundo fontes oficiais do Governo, mais de 1,3 milhões de zimbabuanos precisarão de ajuda alimentar a partir de janeiro de 2011. Por ocasião do projeto Promoting Recovery in Zimbabwe lançado recentemente, em Harare, o vice-ministro dos Assuntos Sociais e do Trabalho, Tracy Mutinhiri, disse que o Zimbábue continua registrando níveis muito altos de desnutrição crônica em áreas alimentares tradicionalmente seguras. De acordo com o National Nutrition Survey, um recente estudo nacional sobre nutrição, 36% das crianças menores de cinco anos sofre de desnutrição crônica. É urgente, portanto, uma abordagem holística da segurança alimentar nacional e das famílias, além de reforçar a parceria entre Estado e ONGs para melhorar a produtividade agrícola e a segurança alimentar. Em um comunicado, Paul Townsend, porta-voz local do Catholic Relief Services, a Caritas dos Estados Unidos, disse que uma família pode ser considerada segura do ponto de vista nutricional, se tiver acesso físico e econômico a alimentos suficientes que lhe permita levar uma vida saudável e produtiva. Promoting Recovery in Zimbabwe se concentra em intervenções estratégicas que irão transformar a vida de cerca de 90.000 famílias em oito distritos. Os agricultores serão formados na adoção de tecnologias agrícolas para a produção animal. O objetivo é dar a eles o know-how na produção de alimentos. (AP) (12/10/2010 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network