http://www.fides.org

Africa

2003-11-21

ÁFRICA/EGITO - A COMUNIDADE CRISTÃ NO EGITO, PAÍS DA TOLERÂNCIA, PONTE ENTRE DUAS RELIGIÕES E DUAS CULTURAS

Alexandria do Egito (Agência Fides)- “Não se pode falar de terrorismo com conotação religiosa, ou islâmica, visto que atinge também pessoas inocentes de fé muçulmana”, afirma à Agência Fides Dom Giuseppe Bausardo, Vigário apostólico de Alexandria do Egito, comentando os recentes atentados na Turquia, onde foram atingidas duas sinagogas, o consulado inglês e o banco HSBC. Muitas das vítimas são muçulmanos. Também os recentes atentados em Riad, na Arábia Saudita, atingiram famílias muçulmanas, provenientes de outros países árabes.
“Aqui no Egito, apesar da tensão criada em nível internacional pelos recentes atentados, a situação parece tranquila. O Egito é um país que tem uma longa tradição de tolerância religiosa e de convivência entre religiões diferentes e este é certamente um fator decisivo em momentos assim tão difíceis.”
“O Papel das comunidades cristãs nos países de maioria muçulmana é o de construir uma ponte entre as duas religiões”, afirma Dom Bausardo. “As atividades sociais da Igreja no mundo muçulmano representam um modo para testemunhar o amor de Cristo. Escolas, hospitais e ambulatórios nos colocam em contato todos os dias com os nossos irmãos muçulmanos, no respeito das respectivas confissões. A escola, em particular, tem uma importância decisiva porque ali se realizam aqueles encontros entre as diversas culturas e religiões, que representam um dos fatores fundamentais para isolar qualquer tendência extremista e promover a cultura da paz.”
“Quanto à comunidade católica de Alexandria, é preciso recordar que esta é uma das cidades mais antigas do mundo”, afirma Dom Bausardo. “Os católicos dos diversos ritos são cerca de 250 mil. Os mais numerosos são os coptas católicos, seguidos por cerca de 35 mil de rito latino. Desses, a maior parte é constituída por refugiados sudaneses que fugiram da guerra nas regiões meridionais do Sudão. O governo egípcio demonstrou compreensão e espírito humanitário ao acolher essas pessoas, que chegam privados de tudo.”
Uma das presenças católicas mais importantes do Egito é o Instituto Salesiano Dom Bosco, que se encontra em Shobra, um bairro do Cairo, onde vive uma numerosa comunidade cristã. O Instituto, do qual até pouco tempo atrás Dom Bausardo foi o responsável, foi fundado em 1926 e é freqüentado principalmente por alunos muçulmanos. Na escola se estuda o Alcorão e o Evangelho, procurando dar destaque às convergências entre islamismo e cristianismo, sobretudo à luz das comuns raízes do Velho Testamento. (L.M.) (Agência Fides 21/11/2003, Linhas 34 Palavras 403)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network