http://www.fides.org

Vaticano

2003-11-17

VATICANO - CARD. MARTINO, PRESIDENTE “DA JUSTIÇA E DA PAZ”: “COMO JOÃO PAULO II REITEROU DIVERSAS VEZES DE MODO INEQUÍVOCO, NENHUMA JUSTIFICAÇÃO PODE LEVAR VÍTIMAS INDEFESAS E INOCENTES AO MASSACRE INDISCRIMINADO”

Cidade do Vaticano (Agência Fides) – Referindo-se aos trágicos fatos de Istambul, também em nome dos participantes do Seminário de Estudos em curso no Pontifício Conselho da Justiça e da Paz sobre Leão XIII e a ação da Santa Sé pela paz, o Presidente do organismo vaticano, Cardeal Renato Raffaele Martino, divulgou no sábado, 15 de novembro, a seguinte declaração:
«Três dias após a tragédia em Nassíria, a nova explosão da violência terrorista homicida, dessa vez em Istambul contra duas sinagogas com um número dramático de vítimas, suscita renovado horror e exige que cada consciência humana condene de modo absoluto esses atos. Como João Paulo II reiterou diversas vezes de modo inequívoco, nenhuma justificação pode levar vítimas indefesas e inocentes ao massacre indiscriminado. O ódio gera ódio, alimenta a espiral perversa da vingança e é precursor somente de lágrimas e sangue. Não há atalhos, muito menos aqueles violentos, à construção paciente, árdua e desinteressada da paz, conduzida com espírito de diálogo, com responsabilidade política e com uma nova solidariedade internacional. Confiamos a Deus e a Seu amor as almas daqueles que morreram, estamos próximos com afeto de suas famílias e invocamos a conversão dos terroristas, que devem abandonar os caminhos da ferocidade pelos caminhos do bem ». (S.L.) (Agência Fides 17/11/2003 – Linhas 16; Palavras 215)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network