http://www.fides.org

Africa

2003-11-12

ÁFRICA/MAURITÂNIA -OS RESULTADOS OFICIAIS DAS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS

Nouakchott (Agência Fides) - O Presidente Maaouiya Sid'Ahmed Ould Taya foi reeleito com 66,7 % dos votos nas eleições presidenciais realizadas na Mauritânia no dia 7 de novembro (veja Fides 8 de novembro de 2003), segundo os resultados oficiais.
Taya, que está há nove anos no poder, prevaleceu sobre os candidatos da oposição: Mohamed Khouna Ould Haidalla, ex-Chefe de Estado de 1980 a 1984, que obteve 18,7 % dos votos, seguido pelo eterno candidato da oposição Ahmed Ould Daddah, com 6,9 %, e do líder descendente de escravos, Messaoud Ould Boulkheir, que obteve 5 %.
A oposição não aceitou, porém, o resultado eleitoral e os seus três principais líderes declararam-se convictos de que foram vítimas de fraude eleitoral. Por esse motivo, os chefes da oposição pretendem apresentar recurso na Corte Suprema e criaram um comitê para estudar uma resposta comum à suposta fraude.
A oposição denuncia também intimidações contra Haidalla e os seus colaboradores por parte das forças da ordem. Um dia antes das eleições, Haidalla foi detido por algumas horas, com a acusação de atentado à segurança do Estado. Assim que a campanha eleitoral se concluiu, Haidalla foi libertado junto a cinco colaboradores.
Em Nouadhibou, a capital econômica, uma manifestação de mulheres foi duramente reprimida, e cidade permaneceu sob forte controle policial. (L.M.) )(Agência Fides 12/11/2003, linhas 22 palavras 239)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network