http://www.fides.org

Asia

2003-10-27

ÁSIA/TAIWAN - “UMA REDE QUE RESPEITE, ANIMADA PELO ESPÍRITO SANTO: EM COMUNHÃO COM DEUS, COM O PRÓXIMO E COM A CRIAÇÃO” – FALA A IRMÃ CÉLIA CHUA, PRESIDENTE DO CONGRESSO DAS RELIGIOSAS DA ÁSIA E OCEANIA, EM CURSO EM TAIPEI

Taipei (Agência Fides) – “A palavra que em chinês indica a web é wang luo, que significa rede: esta simboliza uma comunicação com diversos tons, direções e funções. É o que queremos tecer entre nós, como entre todas as criaturas sobre a terra. Queremos criar uma rede que respeite, animada pelo Espírito Santo, permanecendo em comunhão com Deus, com os irmãos e com a criação”: assim disse em uma entrevista à Agência Fides a Ir. Célia Chua, do Taiwan, membro das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição (IC) e Presidente do Congresso das Religiosas da Ásia e Oceania, em curso desde 20 de Outubro e que se encerrará em 30 de Outubro próximo em Taipei, capital de Taiwan. Participam do Congresso intitulado “Retecer a rede da vida” mais de 100 religiosas provenientes de 19 países da Ásia e Oceania, mas os trabalhos são abertos também à participação de sacerdotes, leigos e religiosos que, presentes em grande número, para compreenderem e partilharem os desafios que a vida consagrada tem diante de si na Ásia e Oceania, no contexto histórico e cultural do terceiro milênio.
A Irmã Cecília disse declarou à Fides que “o tema deste encontro está em linha de continuidade com o encontro precedente que foi todo centrado no tema da reconciliação. Queremos refletir hoje sobre como construir entre nós uma rede que traga vida, que seja permeada pelo Espírito Santo, que possa responder com eficácia aos desafios da missão no tempo presente. A vida consagrada quer entender como pode viver os próprios votos de pobreza, obediência e castidade no contexto histórico atual, diante dos desafios da multi-culturalidade e do diálogo inter-religiosos nos diversos contextos regionais da Ásia e da Oceania. O congresso é uma forte experiência de comunhão que esperamos poder levar para os nossos lugares de origem”.
O encontro procede em sessões plenárias, pequenos grupos de trabalho, relações das diversas áreas culturais. A imagem escolhida para sintetizar os trabalhos do congresso é o da rede, “muito usada atualmente pelos modernos meios de comunicação”, explica a Ir. Célia. “Também estes – observa – constituem um campo de missão, mas a comunicação virtual jamais poderá substituir a relação interpessoal, que coloca em comunhão direta duas faces. O anúncio pode passar através da web, mas passa sobretudo através da vida de cada um de nós”.
O encontro é chamado AMOR XIII (sigla de Asian Oceania Meeting of Religious) e ocorre a cada três anos, em uma País diferente. Parte dos trabalhos e algumas informações em inglês e chinês, estão visíveis no site Internet www.catholic.org.tw/amor13w.
(PA) (Agência Fides 27/10/2003, linhas: 37; palavras: 461)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network