http://www.fides.org

Europa

2003-10-20

EUROPA/ALBÂNIA - MADRE TERESA E O DIÁOLGO INTER-RELIGIOSO – ENTUSIASMO ENTRE OS LÍDERES RELIGIOSOS DA ALBÂNIA: “COM MADRE TERESA QUEREMOS APRENDER A TRABALHAR PELO DIÁLOGO, PELA TOLERÂNCIA, PELO RESPEITO, PARA SERVIR A HUMANIDADE”

Cidade do Vaticano (Agência Fides) – A cerimônia de beatificação de Madre Teresa de Calcutá provocou alegria e satisfação entre os líderes religiosos albaneses. Uma delegação de chefes religiosos proveniente da Albânia, responsáveis pelas comunidades católica, ortodoxa e muçulmana, participou do evento em uma visita organizada em conjunto com o Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso. Integravam a comissão Dom Angelo Massafra, Bispo de Scutari e Dom Dode Gjergji, Secretário da Conferência Episcopal Albanesa e responsável pela Comissão para o Diálogo Inter-religioso.
Em entrevista à Agência Fides, Sua Santidade Reshat Bardhi, chefe da irmandade muçulmana Bektashi, presente na Turquia e na Albânia, disse: “Estamos muito felizes em ter participado desta solene celebração. Madre Teresa é uma filha da Albânia, mas agora pertence a todo o mundo. Obteve o título que merecia e por isso nos sentimos muito honrados. Agradeço de coração ao Papa”.
Um expoente da comunidade muçulmana, membro da delegação, acrescenta: “É um grande dia para toda a Albânia. O evento serviu para reunir a delegação dos líderes religiosos albaneses católicos, ortodoxos e muçulmanos e a encorajar as relações de comunhão. Isto nos dá muita alegria. Apreciamos muito as palavras do Papa e estar aqui é muito importante. Madre Teresa nos ensina o respeito, o amor, o serviço e o sacrifício pelo próximo. É para todos nós um grande exemplo, nos mostra como dedicar a vida a Deus e ao serviço dos irmãos. Agradecemos à Igreja Católica por ter nos convidado”.
O Bispo Joan Pelushi, líder da Igreja ortodoxa albanesa, comentou à Agência Fides. “A beatificação foi um grande evento para a Albânia: esperamos que não se limite à cerimônia, mas que tenha um reflexo profundo, que aproxime as comunidades religiosas e que nos ensine a amar melhor uns aos outros. Com Madre Teresa, nosso orgulho, queremos aprender a trabalhar pelo diálogo, pela tolerância, pelo respeito, para servir a humanidade”.
“Esperamos que esta cerimônia de Beatificação traga bênçãos à Albânia e sirva para melhorar sempre mais as relações entre muçulmanos e cristãos”, destacou na conclusão da visita Dom Robert Sarah, Secretário da Congregação para a Evangelização dos Povos.
(PA) (Agência Fides 20/10/2003 Linhas: 30 Palavras: 313)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network