ÍNDIA - Um Salesiano: Consagrar a Índia ao Coração Imaculado de Maria€

Quarta, 31 Maio 2017 evangelização   bispos   culto mariano   liturgia   oração   sacerdotes   igrejas locais  

Bangalore (Agência Fides) - Consagrar a Índia ao Coração Imaculado de Maria: é o pedido feito pelo sacerdote salesiano José Kuttianimattathil, do colégio Kristu Jyoti em Bangalore, numa carta enviada à Conferência Episcopal da Índia (CBCI). Na missiva enviada à Agência Fides, o Salesiano afirma: “Estamos no ano do centenário das Aparições de Nossa Senhora de Fátima. Sabemos que em 13 de julho de 1917, a Virgem contou aos três vigentes que, para impedir guerras, fome e perseguições pedia a consagração da Rússia ao Coração Imaculado e a ‘Comunhão para oferecer reparações ‘ no primeiro sábado. Assim, haverá paz, caso contrário os seus erros poderiam se difundir em todo o mundo, causando guerras e perseguições. Sabemos que o povo russo foi consagrado ao Coração Imaculado de Maria por Pio XII em 7 de julho de 1952 e sucessivamente por São João Paulo II em 13 de maio de 1982. São João Paulo II renovou a consagração em outubro de 1983 e em março de 1984. Experimentamos o dom desta consagração através da queda do comunismo”, afirma Pe. José.
O sacerdote prossegue: “Hoje, constatamos que na Índia os cristãos estão enfrentando oposição e sofrimentos de várias maneiras. Parece que o futuro será difícil para todas as minorias na Índia. Neste contexto, podemos rezar à Nossa Senhora e consagrar a Índia ao Coração Imaculado de Maria, com o pedido especial de salvaguardar a liberdade religiosa e proteger as pessoas das perseguições”, lê-se na missiva.
“A minha sugestão humilde é que a Conferência Episcopal da Índia tome a iniciativa de consagrar a nação ao Coração Imaculado de Maria numa data apropriada, que poderia ser 8 de dezembro de 2017, festividade da Imaculada Conceição. Nos próximos meses se poderia preparar os fiéis cristãos indianos a esta consagração através de orações e sacrifícios, sobretudo participando com a ‘Comunhão de reparação’ ao primeiro sábado de todo mês. Hoje, nos confiamos para sempre à materna proteção de nossa Beata Madre celeste”, escreve Pe. José. Segundo Fides, a proposta do salesiano poderia ser levada em consideração pelos bispos num futuro próximo. (SD-PA) (Agência Fides 31/5/2017)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network