AMÉRICA/EL SALVADOR - Aprovada a lei apoiada pela Igreja que proíbe a extração de metais

Quinta, 30 Março 2017

Aprovada a lei, apoiada pela Igreja, que veta a extração de metais

São Salvador (Agência Fides) – O Congresso de El Salvador aprovou ontem, 29 de março, uma lei que veta a extração de metais no país. A interdição foi aprovada com os votos de 69 dos 84 deputados do Congresso, que aprovou a iniciativa apoiada pela Igreja Católica, pela Caritas de El Salvador e pela Universidade Centro-americana José Simeón Cañas (UCA).
Segundo notícias recebidas pela Fides, a lei deve vetar a extração de metais do solo e subsolo do território salvadorenho. A interdição compreende a exploração, a extração e a elaboração, a céu aberto e subterrâneas. Também fica proibido o uso de substancias químicas tóxicas como o cianureto, o mercúrio e outras, e qualquer procedimento de extração de metais.
Em outubro de 2016 o governo salvadorenho venceu uma causa legal promovida pela empresa Oceana Gold (ex-Pacific Rin), que o havia chamado em causa por negar licenças de extração minerária. O Arcebispo de São Salvador, Dom José Luis Escobar Alas, havia dito em coletiva à imprensa. “A lei de extração é extremamente obsoleta e nos coloca em grave risco, torna a nação vulnerável” (veja Fides 7/02/2017).
Em apoio ao projeto de lei aprovado, foram coletadas mais de 30 mil assinaturas, que foram entregues aos deputados em 9 de março passado pelo próprio Arcebispo Escobar Alas.
(CE) (Agência Fides, 30/03/2017)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network