ÁFRICA/RD CONGO - Sequestrados dois especialistas da ONU em Kasai central

Quarta, 15 Março 2017 sequestros  

Courtesy John Sharp

Michael Sharp

Kinshasa (Agência Fides) - “O CEPADHO recebeu com consternação a notícia do sequestro em 13 de março de Michael Sharp e Zahida Katala, do grupo de especialistas da ONU para a República Democrática do Congo”, afirma um comunicado enviado à Agência Fides pela organização para a defesa dos direitos humanos na RDC.
Os dois especialistas da ONU, o estadunidense Michael Sharp e o sueco Zahida Katalan, foram sequestrados na rodovia Bukonde-Tshimbulu sobre a ponte Moyo, nas proximidades do vilarejo Ngombe, na província de Kasai Central, onde há meses se verificam confrontos entre o exército e os milicianos do falecido chefe tradicional Kamuina Nsapu (veja Fides 20/2/2017). No momento, não se sabe quem é o grupo que sequestrou os dois especialistas da ONU junto aos quatro cidadãos congoleses que estavam com eles.
“A nossa organização considera que este ato criminoso tenha a intenção de minar as relações entre a RDC e os países de origem dos dois especialistas da ONU”, afirma o CEPADHO, que convida os policiais e o exército a identificarem o mais rápido possível os sequestradores e a libertarem os reféns. (L.M.) (Agência Fides 15/3/2017)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network