AMÉRICA/HONDURAS - Dura crítica dos Bispos à campanha eleitoral, enquanto as primárias se aproximam

Quarta, 1 Março 2017
A Conferência Episcpoal de Honduras (CEH)

A Conferência Episcpoal de Honduras (CEH)

Tegucigalpa (Agência Fides) – A Conferência Episcopal de Honduras (CEH), por meio de uma mensagem publicada em 27 de fevereiro, se dirigiu a todos os fiéis do país com algumas considerações sobre a campanha eleitoral para as eleições presidenciais previstas para 26 de novembro de 2017, mas úteis também para as primárias do próximo dia 12 de março.
Dentre outras coisas, os Bispos comentam a reeleição do atual presidente, Juan Orlando Hernández, dizendo que isto “gerou muita confusão entre os cidadãos” porque um artigo da Constituição, que originalmente proibia a reeleição, foi modificado. Assim, a “modificação foi considerada inconstitucional por parte da população. Todavia, foi admitida como constitucional pelas autoridades e por uma outra parte da população”, afirma a CEH.
Os Bispos pedem aos católicos que reflitam com atenção sobre a campanha eleitoral, que se realiza infelizmente em um clima de “crescente violência, corrupção e impunidade; e de desconfiança da população em algumas instituições”. A Conferência Episcopal criticou também a pouca profundidade e seriedade da propaganda na campanha eleitoral e recordou a todos: “como cristãos, devemos participar das eleições e engajar-se nos diálogo e no respeito por todos, sejam agentes pastorais como comunidades eclesiais”.
Em Honduras, serão realizadas eleições primárias das quais participam 17 movimentos das 3 principais forças políticas do país (Partido Nacional, Partido Liberal e Partido Libre) para eleger os candidatos para as eleições gerais de novembro. 6 milhões de cidadãos são chamados às urnas. (CE) (Agência Fides, 01/03/2017)



Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network