ÁSIA/PAQUISTÃO - 2017 na diocese de Faisalabad é o Ano do serviço

Quinta, 9 Fevereiro 2017 igrejas locais   serviço   evangelização   família   instrução   idosos  

Faisalabad (Agência Fides) – Na diocese de Faisalabad, 2017 será o Ano do serviço: o anúncio solene foi feito pelo Bispo Joseph Arshad, que conduz os batizados na comunidade de Faisalabad, cidade do Punjab paquistanês. Como apurado pela Fides, o Bispo o declarou em uma mensagem aos fiéis em que afirma: “Como cristãos, somos chamados a uma vida de serviço. Este serviço deve ser efetuado com compromisso e sorriso. A cada pessoa desta vida, é confiada a responsabilidade de servir ao próximo com amor. Cada um empenhando-se em um fecundo serviço e sem pretensões, pode se tornar uma pessoa de sucesso, feliz na vida. O serviço realizado com fé, amor e honestidade restitui fecundidade, bom nome e respeito. O serviço está ao lado da fidelidade: aquilo que se semeia, se colhe”.
O Bispo afirma que “as pessoas conscientes realizam seus deveres com diligência e honestidade, contribuindo com o bem-estar e na melhoria de suas famílias e da sociedade, dependendo de seus meios e recursos. Estas pessoas são bens preciosos para suas famílias e comunidades”.
Recordando que todos os grandes homens sempre dedicaram paixão e energia em seu trabalho, Dom Arshad nota: “Todo homem e toda mulher são chamados a servir no lugar no qual o Senhor os chamou pelo progresso e a prosperidade de sua família e da sociedade. Nas famílias, os pais são chamados a administrar a casa, a crescer as crianças em um ambiente saudável, a educá-las e formá-las como pessoas uteis à família e à sociedade. Por outro lado, também as crianças têm responsabilidades em suas famílias, assim como os idosos podem doar valores morais e espirituais aos jovens graças à sua experiência”.
“Na perspectiva do serviço, todos na sociedade são chamados a dar a sua contribuição e a servir os outros”, prossegue a mensagem. “Alguns se envolvem no serviço de instrução, outros no campo da saúde; alguns no serviço à política, ou na garantia da justiça na sociedade”, observa.
“Existem também pessoas que se dedicam ao bem-estar espiritual dos membros de suas comunidades: estes indivíduos têm um papel especial, pois promovem valores religiosos, espirituais e éticos. Deste modo, contribuem para formar o caráter dos membros de suas comunidades. É um serviço dedicado a toda a pessoa, como unidade de espírito e corpo”, prossegue.
O Bispo cita o exemplo de Cristo, que “fez o serviço de difundir o seu Evangelho de amor, de paz e de justiça, segundo a vontade divina de Deus”. E convida todo o clero diocesano, os religiosos e todos os fiéis, a colaborarem no Ano do serviço, “pelo bem-estar de nossas famílias, comunidades e da sociedade, para que seja realmente um ano rico de frutos”. (PA) (Agência Fides 9/2/2017)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network