AMÉRICA/BRASIL - Nova frente missionária na Amazônia para os missionários italianos fidei donum

Quarta, 8 Fevereiro 2017

GaetanoBorgo

Boa Vista (Agência Fides) – “O coração da Igreja de Roraima, extremo norte da Amazônia brasileira, bateu forte de alegria na acolhida da Igreja-irmã de Pádua que, sábado, 21 de janeiro, selou seu compromisso de abrir uma nova frente missionária neste canto da Amazônia, no confim com a Venezuela e a Guiana inglesa”. É o que revela à Fides pe. Lucio Nicoletto, primeiro missionário fidei donum da diocese italiana, que com pe. Benedetto Maria Zampieri, assumiu a direção da paróquia São José Operário, na cidade de Caracaraí, quase no centro da diocese de Roraima, a única no Brasil que possui um território que corresponde ao estado homônimo, pertencente à República Federativa do Brasil.
“O caminho que levou a diocese de Pádua a amadurecer esta escolha foi longo e sofrido”, continua pe. Lucio. “Desde 1953, os missionários paduanos se empenharam principalmente no território da Baixada Fluminense, na periferia do Rio de Janeiro. Mas já na década de 80, emergiu entre eles a exigência de não reduzir a visão e o engajamento no Brasil a este território específico. Hoje, depois de anos de reflexão, oração e diálogo, as Igrejas de Pádua e de Roraima agradecem ao Senhor por esta Epifania do Espírito, que se manifesta visivelmente no compromisso missionário entre duas Igrejas em diálogo e cooperação. Neste contexto, não se pode esquecer o sacrifício concreto de pe. Ruggero Ruvoletto, fidei donum paduano barbaramente assassinado em Manaus em setembro de 2009. Após a experiência missionária em Manaus, trabalhou para abrir os olhos e o coração da Igreja de Pádua a acolher o grito dos povos da Amazônia imersos em um contexto de injustiças sociais e exploração ambiental sem precedentes. Seu sangue, sinal de martírio e de profecia, nos recorda a dimensão missionária de todos os batizados e de toda a Igreja, uma dimensão que se faz profecia sobretudo quando acolhe o grito dos pobres e oprimidos do planeta e renova a opção preferencial de caminhar com eles no caminho de Cristo”.
(LN/AP) (Agência Fides 8/2/2017)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network