AMÉRICA/NICARÁGUA - O Relatório da Organização dos Estados Americanos desilude muitos, inclusive a Igreja

Quinta, 26 Janeiro 2017 política   democracia   bispos  

Dom Juan Abelardo Mata Guevara

Esteli (Agência Fides) – "Os senhores da Organização dos Estados Americanos (OEA) são políticos que se adaptam às circunstâncias com faixada da diplomacia, não são paladinos da liberdade e da justiça; pelo menos esta é a leitura que os fatos oferecem... Dão tantas voltas como ‘ouvintes’ e no fim, abençoam o furto e o abuso da confiança do povo. Tudo isso nos diz que somos nós, os nicaraguenses, a forjar o nosso futuro e não devemos ficar à espera da salvação que vem de fora” disse o Bispo de Esteli, Dom Juan Abelardo Mata Guevara, S.D.B. após o comunicado do governo da Nicarágua elaborado junto com a OEA. Segundo informações da Fides, a comunidade nicaraguense havia convidado os representantes da OEA para uma verificação da crise democrática que atravessa a Nicarágua depois das eleições vencidas por Ortega como presidente, embora isto fosse impossível segundo o regulamento da lei eleitoral em vigor. O relatório, segundo a imprensa política especializada, assinala a situação do país mas não as causas dos problemas, não fala de transparência e nem da independência exigidas em um processo eleitoral livre e honesto.
“A honra de quem jurou defender a Carta Democrática do hemisfério americano é colocada em questão e a instituição está enfraquecida. Queremos ver na liderança de organizações deste nível pessoas boas, e não políticos”, comento energicamente o Bispo em coletiva de imprensa realizada em 24 de janeiro.
(CE) (Agência Fides, 26/01/2017)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network