ÁFRICA/SUDÃO DO SUL - Assassinado um catequista da paróquia de Kajo-Keji

Quarta, 25 Janeiro 2017

Juba (Agência Fides) - Um catequista da paróquia do Sagrado Coração de Kajo-Keji (Sudão do Sul) foi morto domingo, 22 de janeiro, na capela situada na localidade de Lomin. É o que informa o pároco, pe. Jesus Aranda, missionário comboniano. Segundo pe. Aranda, o catequista, de quem se sabe apenas o nome, Lino, foi morto com outras cinco pessoas por um grupo armado. Os fiéis abandonaram a área, com medo de outros ataques.
Pe. Aranda assumiu a paróquia em 3 de dezembro de 2016 e teve logo que se confrontar com a dramática situação da área. Mais de 50 mil moradores de Kajo-Keji se refugiaram na vizinha Uganda por causa da insegurança e dos ataques a aldeias da área, perpetrados pelo exército sul-sudanês contra esta população, hostil ao governo central de Juba. (L.M.) (Agência Fides 25/1/2017)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network