ÁFRICA/RD CONGO - O governo estadunidense apoia a mediação dos Bispos congoleses

Quarta, 23 Novembro 2016 bispos   eleições  

Kinshasa (Agência Fides) - “Reafirmamos o nosso apoio às discussões intermediadas pela Conferência Episcopal Nacional do Congo (CENCO) entre a oposição e o governo da República do Congo para alcançar um acordo para eleições críveis e tempestivas” afirma um comunicado do Departamento de Estado, em que se reitera o apoio de Washington aos esforços de mediação efetuados pelos Bispos católicos congoleses (veja Fides 18/11/2016).
“Exortamos o governo da RDC e a oposição a trabalhar com a CENCO para enfrentar as questões resíduas, inclusive a data das eleições presidenciais em 2017, a garantia que o presidente Kabila não insistirá em um outro mandato e que a Constituição não será alterada com este fim, uma maior independência da Comissão eleitoral nacional (CENI), um governo de transição inclusivo, e uma forte independência do comitê de controle”.
O governo estadunidense convida o principal líder da oposição e o candidato do cartel da oposição “Le Rassemblement”, Etienne Tshisekedi, a apresentar propostas construtivas e concretas e a abster-se de manifestos incendiários ou ações incompatíveis com as normas democráticas”.
Auspicia-se enfim, que a nomeação do novo Primeiro-Ministro, Samy Badibanga, possa se tornar “uma oportunidade para construir confiança e informalidade entre todas as partes em causa” e que o Premiê “cumpra a sua responsabilidade de respeitar e proteger os direitos fundamentais dos cidadãos congoleses, inclusive a liberdade de expressão e de reunião e o acesso à informação”.
(L.M.) (Agência Fides 23/11/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network