ÁFRICA/RD CONGO - Maioria e parte da oposição concordam: eleições presidenciais em abril de 2018

Terça, 18 Outubro 2016 política   eleições  

Kinshasa (Agência Fides) – Não há uma data para as eleições presidenciais e políticas, mas algumas datas intermediárias para o início do processo eleitoral, enquanto isso será criado um governo de união nacional guiado por um Premier da oposição, enquanto o atual Presidente Joseph Kabila permanecerá em exercício depois do fim do seu mandato, em 19 de dezembro, até a eleição do novo Chefe de Estado. São estes os pontos salientes do acordo alcançado pela maioria presidencial e pela parte da oposição que participou do diálogo nacional.
O acordo prevê que o dia 30 de outubro de 2017 é a data final para a apresentação das candidaturas, enquanto as eleições devem ser organizadas nos seis meses sucessivos, portanto até abril de 2018.
Quando todas as partes assinarem o acordo, em 21 dias será formado o governo de unidade nacional, enquanto em um mês se reunirá um comitê de acompanhamento formado por sete membros da maioria, sete da oposição e três da sociedade civil.
Os membros da maioria destacaram que o Presidente Kabila pretende respeitar a Constituição “do primeiro até o último artigo”, dando a entender que não se apresentará para as eleições para obter um terceiro mandato, o que é proibido pela Carta Constitucional.
Do acordo assinado em 17 de outubro não participa “Le Rassemblement”, o grupo de partidos da oposição que apoiam o candidato Étienne Tshisekedi, enquanto os Bispos congoleses abandonaram os diálogo nacional para “buscar um consenso mais amplo” (veja Fides 21/9/2016). (L.M.) (Agência Fides 18/10/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network