AMÉRICA/CHILE - Dom Vargas: Araucanía precisa de uma intervenção especial

Segunda, 17 Outubro 2016 indígenas   igrejas locais   direitos humanos   violência  

Dom Hector Eduardo Vargas

Temuco (Agência Fides) – Deveriam-se tomar decisões concretas e especiais para enfrentar os fatos de violência que se registram em Araucanía, afirmou ontem Dom Hector Eduardo Vargas, Bispo de Temuco, depois das declarações feitas pelo Ministro do Interior, Mario Fernandez, segundo o qual a região não necessita de leis especiais.
O Bispo de Temuco, região inteiramente envolvida nos fatos de Araucanía, que está também à frente da Comissão consultiva do Presidente da República sobre a violência e a mesa de negociação (veja Fides 11/08/2016), informou que foram solicitadas explicações ao Ministério do Interior por essas declarações. Segundo a nota enviada a Fides, depois de um breve encontro com a autoridade política, o Bispo informou que as declarações feitas pelo Ministro são especificamente referidas à questão da criminalidade e à presença da polícia. Dom Vargas recordou que, em todo caso, a última palavra cabe ao governo e somente do governo depende qualquer eventual medida para esta situação.
Continuam os trabalhos na mesa de diálogo para a causa Mapuche e na semana passada milhares de manifestantes tomaram as ruas para apoiar a causa Mapuche. O evento, realizou-se em Santiago, e terminou com atos de violência, 36 presos e alguns policiais feridos, mas os organizadores disseram que as pessoas violentas não faziam parte dos manifestantes. (CE) (Agência Fides, 17/10/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network