ÁSIA/PAQUISTÃO - Onze televisões cristãs declaradas “ilegais”: atentado à liberdade religiosa

Segunda, 10 Outubro 2016

Lahore (Agência Fides) - Uma recente medida emitida pela "Pakistan Electronic Media Regulatory Authority", entidade do governo paquistanês, declarou ilegais 11 canais televisivos cristãos, que transmitem no Paquistão em língua urdu.
Segundo Fides, a ordem, emitida em 22 de setembro, assinala "TV não autorizada" e cita 10 canais a cabo ou internet geridos por grupos cristãos protestantes como Isaac Tv, Gawahi Tv, God Bless Tv, Barkat Tv, Praise Tv, Zindagi Tv, Shine Tv, Jesus Tv, Healing Tv, Khushkhabari Tv, assim como a Tv católica, rede católica diocesana de Lahore. "Todos os diretores-gerais regionais são convidados a tomar medidas necessárias para deter imediatamente a transmissão de canais ilegais em suas respectivas regiões".
Pe. Mushtaq Anjum, religioso camiliano paquistanês que se interessa de comunicação e meios de comunicação, disse à Fides: "Na verdade, torna ilegal a proclamação da Boa Nova. Há alguns anos, com grandes esforços, as comunidades cristãs organizaram redes de televisão, via cabo ou internet, para falar com os cristãos e falar da fé cristã. Os cristãos não têm nenhum espaço nos canais públicos de televisão. Queremos entender por que são considerados ilegais. Esta é outra lei discriminatória que afeta os não-muçulmanos".
"Exigimos a intervenção do Ministro Federal cristão Kamran Michael – prossegue o sacerdote - porque este é um verdadeiro atentado contra a liberdade de praticar a própria religião. É também um ataque contra a visão do fundador do Paquistão, Muhammad Ali Jinah, que imaginou uma sociedade livre e não um país islâmico. No entanto, de tal modo, se continua a tratar os membros de minorias religiosas como cidadãos de segunda categoria. "O religiosos camilianos pedem ao governo para "deter estes atos de ameaça e revogar esta proibição". (PA) (Agência Fides 10/10/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network